Solucione seus problemas com vazamentos.

Bombas são dispositivos mecânicos que transferem energia ao líquido para transportá-lo de um ponto a outro, recebe energia de uma fonte motora e cede parte dessa energia ao fluído sob forma de energia de pressão, energia cinética ou ambas, isso significa que ela aumenta a pressão e a velocidade do líquido.

As bombas pneumáticas de duplo diafragma são conhecidas como bomba de deslocamento semi-positivo alternativa, e é assim chamada devido à forma que funciona seu pistão dentro do cilindro que se desloca em movimento alternativo e utilizam o ar comprimido como fonte de energia.

O uso de bombas existe mesmo antes da era industrial, e atualmente o uso cotidiano é bem variado, vão desde o bombeamento da água da piscina a uma bomba de óleo térmico. A aplicação de bombas pneumáticas vem crescendo a cada dia, pois elas agregam em um único produto diversas vantagens técnicas e operacionais que dificilmente são atingidas por outros tipos de bombas e estas características tornam as bombas tão versáteis que sua gama de aplicações é praticamente ilimitada.

Princípais características:

As bombas de duplo diafragma pneumáticas são bombas volumétricas munidas de duas câmaras, estas estão separadas por uma membrana em áreas de ar e de líquido, as duas membranas estão ligadas por um eixo, com o efeito que, no primeiro ciclo o curso do eixo movimenta um dos diafragmas no sentido do centro para fora da bomba em uma das câmaras da bomba, este diafragma exerce pressão positiva e expulsa o fluido para fora, e na outra câmara o diafragma se desloca no sentido contrario ao primeiro e cria uma área de pressão negativa, o que possibilita o preenchimento do espaço pelo fluído que será bombeado no próximo ciclo. São divididas em duas seções, uma delas a parte molhada (manifolds e câmara de bombeamento) e a outra a parte seca ou bloco central (área de atuação do ar comprimido).

Estes conjuntos são separados por dois diafragmas, que isolam o líquido bombeado do ar comprimido como podemos analisar na figura da estrutura da bomba pneumática de duplo diafragma a seguir.

Veja como funciona:

As bombas pneumáticas de duplo diafragma (AODD) são movidas a ar comprimido, nitrogênio ou gás natural. A válvula de controle (de ar) direcional principal ① distribui o ar comprimido para a câmara de ar, exercendo pressão uniforme sobre a superfície interna do diafragma ②. Ao mesmo tempo, o ar de escape ③ que sai por trás do diafragma oposto é direcionado pelo conjunto da válvula de ar até a porta de escapamento ④. Quando a pressão interna da câmara (P1) excede a pressão do líquido da câmara (P2), os diafragmas ⑤ conectados pela haste se deslocam juntos, criando a descarga de um lado e a sucção, do outro. As direções dos líquidos descarregados e escorvados são controladas pela orientação das válvulas de retenção (esfera ou flape)⑥.

A bomba é escorvada em consequência do curso de sucção. O curso de sucção baixa a pressão da câmara (P3) aumentando o volume da câmara. Isso resulta numa pressão diferencial necessária para que a pressão atmosférica (P4) empurre o líquido pela tubulação de sucção e pela válvula de retenção do lado de sucção até entrar na câmara de fluido externa ⑦.

O curso (do lado) de sucção também inicia a ação recíproca (deslocamento, curso ou ciclo) da bomba. O movimento do diafragma de sucção é mecanicamente feito durante o curso. A placa interna do diafragma toca o êmbolo do atuador alinhado para deslocar a válvula de sinalização piloto. Uma vez ativada, a válvula piloto envia um sinal de pressão à extremidade oposta da válvula de ar direcional principal, redirecionando o ar comprimido à câmara interna oposta.

Princípais aspectos das bombas pneumáticas:

• Portáteis e compactas, facilitando o deslocamento.
• São projetadas em alumínio, ferro fundido, aço inoxidável e materiais não metálicos, como PTFE, polipropileno e PVDF com elastômero TPE (elastômeros termoplásticos) e opções de PTFE em diafragmas e válvulas de retenção.
• Alto índice de segurança.
• Bombeia sólidos de até 3”.
• Trabalha a seco sem ser danificada.
• Não degrada produtos sensíveis.
• Baixo índice de cisalhamento.
• Vazão regulável em função a pressão de descarga.
• Alta capacidade de sucção.
• Baixa manutenção.

A Instruval Equipamentos oferece serviços de manutenção e assistência técnica certificada pela Sandpiper, além de uma equipe especializada, estrutura completa dedicada ao atendimento e distribuição, com amplo estoque de bombas pneumáticas e peças sobressalentes.

Acesse nosso site ou entre em contato através do número 4227-9797 e venha conhecer um pouco mais sobre este equipamento!